João Pessoa, 20 de Maio de 2019
Política
11/02/2019 as 22:30min - PB Agora
15 ANOS DEPOIS: PT/CG não descarta disputar prefeitura em 2020

 

Fragilizado nacionalmente, o Partido dos Trabalhadores sonha em voltar a comandar a prefeitura de Campina Grande a partir de 2021. A última vez que o PT chegou ao poder na Rainha da Borborema foi em 2006 com a ascensão de Cozete Barbosa. Agora o partido quer retornar ao Palácio do Bispo, e para isso prepara um candidato próprio de uma candidatura para disputar a prefeitura de Campina Grande no ano de 2020.

 

Pelo menos essa é a vontade expressa pelo presidente municipal da sigla, Márcio Caniello. Em entrevista a Rádio Caturité FM,  Márcio Caniello revelou que já defendeu a tese tanto em reuniões com a instância estadual do partido quanto com o agrumamento municipal. Segundo ele, a discussão está ocorrendo internamente pela sigla.

 

A procura espontânea de novos militantes por filiação e a votação na cidade para o candidato petista Fernando Haddad, segundo colocado nas eleições presidenciais de 2018, são fatores que sustentam seu desejo.

 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no primeiro turno, Haddad conquistou 45.065 dos votos, o equivalente a 20,63% do total contra 50,61% de Jair Bolsonaro. No segundo, subiu para 98.243 (43,70%) contra 56,30%.

 

“Por meio do diálogo entre a militância do PT e uma militância espontânea maravilhosa que nos procurou, percebemos, neste processo, que a esquerda precisa apresentar um projeto para a prefeitura”, afirmou.

 

A última vez que o PT teve candidatura própria em Campina Grande foi em 2012 com Alexandre Almeida encabeçando a chapa.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Compartilhe