A Paraíba o tempo todo  |

Em depoimento à PF, Luceninha descarta pressão de Fabiano Gomes para renunciar ao cargo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O ex-prefeito de Cabedelo, José Maria de Lucena Filho (Luceninha), prestou depoimento à Policia Federal na terça-feira, 19, em que afirmou, categoricamente, não ter sofrido qualquer pressão por parte do radialista Fabiano Gomes para renunciar ao cargo de prefeito.

Luceninha foi ouvido na Polícia Federal acompanhado por seu advogado, Rodrigo Santos, dentro da fase processual das investigações da Operação Xeque-Mate.

Além de rechaçar pressão do radialista, Luceninha afirmou que foi ao flat de Fabiano Gomes já com decisão tomada e para pedir ajuda para a redação de sua carta-renúncia, alegando que não conseguia mais cumprir as despesas administrativas da Prefeitura de Cabedelo.

O depoimento de Luceninha se opõe às acusações do Ministério Público, que aponta articulações e pressões exercidas por Fabiano Gomes para que o ex-prefeito renunciasse.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe