João Pessoa, 20 de Maio de 2019
Política
08/04/2019 as 23:00min - PB Agora
João Bosco Carneiro tem direitos políticos suspensos por 3 anos

O deputado estadual João Bosco Carneiro Júnior, do PPS, foi condenado, duplamente, por ato de improbidade administrativa à época em que exercia o cargo de prefeito do município de Alagoa Grande, no Brejo paraibano e, além de multas e proibição de contratar com o poder público por cinco anos, também terá que ficar três anos com os direitos políticos suspensos.

Nas duas ações civis por Improbidade administrativa (0001751-47.2014.815.0031 e 0000521-96.2016.815.0031) contra o hoje parlamentar foi ajuizada pelo Ministério Público da Paraíba em atendimento a denúncia formulada pelo atual Procurador Geral do município de Alagoa Grande.

João era investigado pela prática de prevaricação e ato de improbidade administrativa causador de dano ao erário por ter atuado com desídia e desinteresse processual na condução de execução fiscal promovida contra o espólio de seu falecido genitor, o que redundou na extinção do feito sem resolução do mérito, provocando prejuízos aos cofres públicos.

Nas duas ações as acusações foram julgadas como procedentes.

CONFIRA

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Compartilhe