O deputado estadual, Eduardo Carneiro (PRTB), teve um Projeto de Lei repercutido pela imprensa nacional, através do Portal Cearense, nesse fim de semana. Trata-se da propositura que prevê a cassação do alvará das empresas que forem flagradas revendendo produtos furtados na Paraíba. Por conta da relevância, o veículo de comunicação sugere que a matéria seja apresentada também em outros estados do país.

A atuação do parlamentar também mereceu destaque na imprensa do país como o vereador mais atuante do país em 2017. À época Eduardo ocupava uma das cadeiras da Câmara Municipal de João Pessoa.

A proposta está em tramitação na Assembleia Legislativa da Paraíba e foi aprovada, na última semana, pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Casa.

De acordo com Eduardo, a empresa perderá o alvará de funcionamento caso seja flagrada comercializando, adquirindo, distribuindo, transportando, estocando ou expondo à venda produtos oriundos do furto ou roubo de cargas. 

Após a constatação da irregularidade, a empresa será autuada e terá um prazo de 15 dias para apresentar defesa. Caso haja o trânsito em julgado de todo o processo administrativo e constatada a infração, a mercadoria não será devolvida e a empresa penalizada.

Eduardo explicou que a iniciativa tem por objetivo inibir a venda de produtos roubados no estado. “Nossa intenção é impedir que esse círculo seja alimentado, e que a população possa adquirir produtos de qualidade com a devida procedência, como prevê o Código do Consumidor”, disse.

Outro projeto na mesma linha apresentado pelo deputado na Assembleia também prevê a cassação do alvará de funcionamento das empresas que utilizarem mão de obra infantil no estado.

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC assina coluna de Haddad que revela suposta corrupção dentro da ‘Lava Jato’

O ex-governador das Paraíba e atual presidente da Fundação João Mangabeira, Ricardo Coutinho (PSB), está entre as lideranças nacionais de esquerdas que assinaram a coluna do ex-presidenciável Fernando Haddad (PT)…

Ex-prefeito de São Mamede é condenado por improbidade

O juiz do Grupo da Meta 4, no âmbito do Judiciário estadual paraibano, Rúsio Lima de Melo, reconheceu a ocorrência de atos de improbidade administrativa em relação às contratações temporárias…