O governador João Azevêdo está em São Paulo, hoje (11), para apresentar o projeto do Polo Turístico Cabo Branco a empresários da área de turismo interessados em investir no complexo. O Polo Turístico teve edital para chamamento público lançado na última quarta-feira (5) no Centro de Convenções, em João Pessoa e disponibilizará, inicialmente, cinco lotes para instalação de hotéis e resorts, sendo três deles voltados à beira-mar, um para a área do rio e um em frente ao Centro de Convenções.

 

 

Durante o programa Fala Governador de ontem (10), João Azevêdo comentou que, enfim, depois de mais de 30 anos, o Polo Turístico Cabo Branco chega ao período de liberação de lotes e recebimento de propostas de empresas interessadas na construção de hotéis e resorts. “Será um momento diferenciado para o turismo na Paraíba, da mesma forma que o Centro de Convenções criou dois momentos para esse Estado em termos de turismo, a construção desses hotéis também será um marco extremamente importante”, afirmou João Azevêdo.

 

 

O governador ainda garantiu que a área do Polo Turístico Cabo Branco é dotada de toda a infraestrutura necessária para receber grandes hotéis e ainda há um cuidado com a preservação do meio ambiente. “Para que houvesse uma compensação ambiental para a implantação desses hotéis, criamos um parque chamado Parque das Trilhas, que juntou o parque Jacarapé, o parque Aratu e uma grande área verde que contorna o Centro de Convenções. Então esse Polo nasce com toda sustentabilidade ambiental”, explicou.

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cabedelo sofre com a corrupção desde o Brasil colônia e vereadores buscam livrar Vitor Hugo da Xeque-Mate

A cidade de Cabedelo foi fundada em 4 de novembro de 1585. Possui um patrimônio cultural imaterial fantástico, dentro das suas “paragens” figuram a Nau Catarineta (1910), Lapinha de Jesus…

Opinião: o que Julian quis dizer com ‘chamar o feito a ordem’ contra quem foi contra projeto armamentista?..

Segundo notícia veiculada neste Portal, na tarde desta terça-feira (18), o deputado federal Julian Lemos teria feito uma exortação ao povo a reagir, em locais públicos, contra os parlamentares que…