João Pessoa, 21 de Maio de 2019
Saúde
05/09/2011 as 13:10min - PB Agora
Células-tronco começam a ser usadas no tratamento de doenças arteriais coronarianas

As doenças cardiovasculares, em especial a Doença Arterial Coronariana (DAC), prevalecem como a principal causa de mortalidade no Brasil e no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Só em 2010, foram 16,7 milhões de mortes relacionadas a complicações coronarianas, sendo 7,2 milhões por DAC. E mais: acredita-se que em 2020 esses valores possam atingir o patamar de 35 a 40 milhões, resultando em gastos exorbitantes para os cofres públicos.

Mas, uma revolução no tratamento das doenças cardiovasculares promete mudar essa realidade: a administração de células-tronco na reparação do tecido cardíaco. Apesar do método ainda estar em fase inicial, os resultados já começam a ser considerados pela classe médica como uma possibilidade para o tratamento das doenças arteriais coronarianas.

A exemplo do médico Luis Henrique Wolff Gowdak, cardiologista do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Ele estará em João Pessoa neste sábado (10) para disseminar os benefícios do método, durante a miniconferência ?O uso das células-tronco no tratamento da doença arterial coronariana ? estado da arte?. A apresentação ? que será realizada às 8h45, no auditório do Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), no Centro da Capital ? faz parte da programação do 1º Simpósio sobre os Avanços no Tratamento da Doença Arterial Coronariana.

O evento, que será realizado nestas sexta (10) e sábado (11), no CRM-PB, contará ainda com a participação do cirurgião cardíaco Fábio Jatene, do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; e do hemodinamicista Maurício Rezende, do Hospital Biocor de Minas Gerais; além de especialistas renomados da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

 

Novidades na cardiologia

Durante os dois dias do Simpósio, serão discutidas as novidades no tratamento clínico, cirúrgico e intervencionista da doença arterial coronariana. Entre os assuntos abordados, estão lesões coronarianas difíceis e de alto risco, a abordagem multidisciplinar das doenças cardiovasculares e artéria torácica interna (mamária).

O evento está sendo realizado pela Unimed JP, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop-PB).

 

Programação

Sexta-feira, 9 de setembro
20:00 / 20:15 ? Abertura
Presidente da Unimed JP ?Aucélio Melo de Gusmão
Presidente do Sescoop ?André Pacelli
Coordenador ?Ricardo Wanderley Queiroga

20:15 / 21:15 ? Mesa-redonda
Doença arterial coronariana estável
Coordenadores: Ana Claúdia (PB)
Marco Aurélio Barros (PB)
Visão do clínico ? Luis Henrique Wolff (SP)
Visão do cardiologista intervencionista ? Maurício Rezende Barbosa (MG)
Visão do cirurgião ? Fábio Bisceli Jatene (SP)

21:15 / 21:30 - Miniconferência
Abordagem multidisciplinar das doenças cardiovasculares (Heart Team)
Presidente: Basílio Serrano (PB)
Conferencista: Marcelo Matos Cascudo (RN)

21:30 / 22:30 - Controvérsia
Qual a melhor opção para pacientes com Doença Coronariana Multiarterial?
Coordenadores: Antônio Carlos Wanderley Cavalcanti (PB); Fúlvio Petrucci ? PB
Visão do cirurgião ? Fábio Bisceli Jatene (SP)
Visão do cardiologista intervencionista ? Maurício Rezende Barbosa (MG)
Visão do clínico ? Luis Henrique Wolff Gowdak (SP)

22:30 - Coquetel

Sábado, 10 de setembro
8:00 / 9:00 - Mesa-redonda
Análise dos Grandes Estudos ? SYNTAX, BARI 2D
Coordenadores: Daniel M. Silva Magalhães ? PB; Marco Antonio Vivo Barros ? PB
Visão do cirurgião: Josalmir José Melo Amaral (RN)
Visão do cardiologista intervencionista: Dr. Marcelo Queiroga (PB)
Visão do Clínico ?Norland de Souza Lopes (PB)

9:00 / 9:15 - Miniconferência
Artéria torácica interna (mamária) ? 30 anos de experiência ? indiscutivelmente a melhor opção para a artéria coronária descendente anterior?
Presidente: José Reinaldo de Moura Coelho (PB)
Conferencista: Fábio Bisceli Jatene (SP)

09:15 / 09:30 Intervalo

09:30 / 9:45 - Miniconferência
Stent farmacológico ? É seguro e eficaz?
Presidente: Gustavo Rique Morais (PB)
Conferencista: Maurício Rezende Barbosa (MG)

9:45 / 10:00 - Miniconferência
O uso das células tronco no tratamento da doença arterial coronariana ? estado da arte
Presidente: Ricardo Rosado Maia (PB)
Conferencista: Luis Henrique Wolff Gowdak (SP)

10:00 / 11:00 - Mesa-redonda
Lesões coronarianas difíceis ou de alto risco de re-estenose - Qual o melhor tratamento? (lesões de tronco de coronária esquerda, bifurcações, vasos finos, diabéticos, lesões longas, lesões difusas)
Coordenadores: Francisco Ítalo Kumamoto (PB); Helman Martins (PB)
Tratamento percutâneo ? Maurício Rezende Barbosa (MG)
Tratamento cirúrgico ? Fábio Bisceli Jatene (SP)
Tratamento clínico ? Luis Henrique Wolff Gowdak (SP)

11:00 / 11:30 - Apresentação de casos clínicos
Coordenadores: João Alfredo Falcão da Cunha Lima (PB); Antônio Cavalcanti Pedrosa (PB)
Debatedores: Fábio Bisceli Jatene (SP)
Luis Henrique Wolff Gowdak (SP)
Maurício Rezende Barbosa (MG)

11:30 / 11:35 - Encerramento
Coordenador do evento - Ricardo Wanderley Queiroga (PB)

 

Ascom

Compartilhe