João Pessoa, 17 de Fevereiro de 2019
Saúde
17/01/2019 as 14:11min - PB Agora
Programa de Residência Médica do Hospital de Trauma de JP é destaque nacional

O programa de Residência Médica desenvolvido no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, subordinado à Comissão de Residência Médica da Secretaria de Estado e da Saúde (Coreme), tem se consolidado, cada vez mais, no âmbito nacional, como polo formador de profissionais. Em oito anos, mais de 320 especialistas foram formados, tornando assim, a unidade de saúde, uma matriz das especialidades na Paraíba.

Os formandos do Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia, desenvolvido pela SES-PB, no Hospital de Trauma, obtiveram a quarta melhor média nacional, destacando-se entre os 98 Centros de Ensino e Treinamento-CETs existentes em todo o Brasil. A avaliação é realizada anualmente pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) com todos os residentes do país. “Estamos recebendo médicos do país inteiro e o reconhecimento de instituições médicas nacionais”, explicou o presidente da Comissão de Residência Médica da Paraíba (COREME), Gualter Ramalho.

Gualter destacou ainda que a conquista é resultado de um trabalho que tem o apoio dos anestesiologistas instrutores e colaboradores, diretores da rede hospitalar estadual, com destaque para o Hospital de Trauma, além do Cefor e, em especial, da SES.

Além da pós-graduação em Anestesiologia, o programa de Ortopedia e Traumatologia também apresenta resultados similares, com a aprovação nas provas de título da totalidade dos seus formandos. “Não nos custa lembrar que os nossos programas receberam uma menção honrosa do Ministério da Educação e Cultura (MEC), outorgada, por unanimidade, na plenária de dezembro de 2013”, acrescentou Gualter Ramalho.

De acordo com o gerente médico, Fagner Dantas, é um orgulho ser parceiro das universidades. “Diariamente a educação continuada se faz presente, por meio de professores, alunos e profissionais do hospital, compartilhando os saberes, dividindo as dúvidas e buscando soluções. A educação qualifica a assistência e, com isso, nosso paciente é assistido de forma integral, conforme preconiza o Sistema Único de Saúde (SUS), pois, além de estar em uma instituição de alta complexidade, com um corpo clínico docente e profissional qualificado, dispõe de tecnologia, infraestrutura e diversas especialidades médicas em um mesmo local”, ressaltou.

Residência - A Residência Médica constitui modalidade de ensino de pós-graduação, sob a forma de curso de especialização, caracterizada por formação em serviço, destinada a médicos formados em escolas médicas reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e estrangeiros que preencham os requisitos exigidos no Manual da Residência e na Legislação Brasileira, com diploma devidamente revalidado.

Inscrição - A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), inscreve até a próxima sexta-feira (18) para a Residência Médica, nas especialidades de: Anestesiologia, Área Básica de Cirurgia, Ginecologia e Obstetrícia, Medicina da Família e Comunidade, Medicina Intensiva, Ortopedia e Traumatologia e Pediatria para 2019. Os residentes irão aturar no Hospital de Trauma, Complexo de Pediatria Arlinda Marques, Hospital General Edson Ramalho, Maternidade Frei Damião, Hospital Regional de Cajazeiras e Hospital Regional de Sousa. Todos os cursos começarão no dia 1º de março de 2019.

Para as residências médicas é cobrada uma taxa de R$ 300. As inscrições podem ser feitas no link http://static.paraiba.pb.gov.br/2011/07/Edital-COREME-SES-2019.pdf. Todos os cursos começarão no dia 1º de março de 2019. No total, serão 54 residentes, dos quais 27 são residentes médicos.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Compartilhe