Na manhã desta terça-feira (12) o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) juntamente com os Conselhos de Enfermagem e Fisioterapia realizaram uma fiscalização no Hospital de Ortotrauma de Mangabeira, mais conhecido como Trauminha.

A inspeção foi realizada após denúncias de usuários da unidade de Saúde.

Os pacientes ou parentes de pacientes denunciaram baratas andando pelos leitos, sujeira, infiltrações nas paredes, no chão e vaso sanitário, além de banheiros com portas quebradas e falta de colchões e lençóis.

A Secretaria de Saúde do Município acompanhou a fiscalização.

O fator superlotação também foi citado pelos usuários.

De acordo com informações do CRM, o Trauminha é uma unidade alvo de muitas denúncias.

O órgão ainda confirmou ter encontrado irregularidades, mas que vai esperar concluir o relatório para que a presidência tome alguma decisão.

Veja as fotos:

 

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos



Deixe seu Comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

ONU: uso excessivo de remédios pode matar 10 milhões ao ano até 2050

Relatório de entidades ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado hoje (29), alerta que o uso excessivo de medicamentos e os consequentes casos de resistência antimicrobiana podem causar a…

Malária: Saúde chama atenção para as medidas de prevenção individual

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou, neste sábado (1º), o oitavo caso de malária na Paraíba. A paciente, moradora de Conde, após a realização do teste rápido no…